Como funciona o #PROJECT333

Oie, tudo bom? Adivinha quem voltou a blogar? Yeah, it's me!
Para começar a explicar o projeto 333, vamos primeiro falar do que me levou a tomar essa iniciativa. 
Tudo começou quando eu estava sem nada para fazer e resolvi assistir algo na Netflix e de sugestão apareceu o documentário "Minalism. A documentary about the important things". 



Ele fala do minimalismo* não só em relação ao mundo fashion, como também nas coisas básicas do dia-a-dia, como moradia, decoração e a forma como consumismo e usamos 'coisas' para preencher  nossa vida emocional quando não nos sentimos bem. Fala também da cultura consumista, o porquê de consumir desenfreadamente e como ser feliz vivendo de forma simples. Basicamente o doc fala de um estilo de vida mais sustentável.
Entre os entrevistados, a blogueira Courtney Carver, conta um pouco de sua história e como tornou-se minimalista, além disso ela fala (CHEGAMOS NO ASSUNTO  PRINCIPAL DO POST) como teve a ideia de criar o projeto 333. Basicamente, o projeto consiste em usar durante 3 meses apenas 33 peças do guarda-roupa, isto inclui: sapatos, acessórios e roupas. Sendo excluído apenas as roupas íntimas e de ginástica. Após ouvir as histórias e conhecer um pouco mais sobre o assunto resolvi me desafiar! Não sei se é porque neste momento encontro-me como uma pessoa sem grana, dessas que não tá podendo comprar nem uma blusinha, mas sei que tá sendo a experiência mais incrível da vida. JURO! Ando enxergando as tendências de forma diferente e percebo o quanto algumas pessoas são Fashion Victim**,por exemplo, por mais que algo esteja no auge é interessante analisar se fica bem em você, se você realmente quer, se vai usar mais de uma vez e principalmente se combina com seu estilo.
Esse desafio tem me desafiado a fazer novas combinações com uma mesma peça de roupa e é maravilhoso a forma como tudo se encaixa. Ao menos até agora não passei perrengue!
Como exemplo vou mostrar a vocês o look que fiz com a peça chave: Uma longShirt que compôs um look arrumadinho e ela sozinha ficou despojada e ainda dá pra fazer uma terceira composição, joga um colete por cima, troca os acessórios e TCHARAN look novo!
@deuvontadeagora

@deuvontadeagora
Tá vendo como é simples? Ah, o projeto é uma iniciativa para viver apenas com o que precisa, o que é necessário pra sua vida. É uma reeducação de consumo. Além disso o projeto fala que pode comprar coisas novas, mas elas devem substituir as antigas, ou seja, se comprar uma blusa retira outra e assim vai.
Gente, espero que tenham compreendido melhor e qualquer dúvida comentem aqui abaixo! Ah, eu vou postando mais looks dessa minha saga lá no Instagram então me acompanhem por lá! Querem que eu compartilhe a minha listinha das 33 peças?


* A palavra minimalismo se refere a uma série de movimentos artísticos, culturais e científicos que percorreram diversos momentos do século XX e preocuparam-se em fazer uso de poucos elementos fundamentais como base de expressão. Os movimentos minimalistas tiveram grande influência nas artes visuais, no design, na música e na própria tecnologia. O termo pode ser usado para descrever as peças de Samuel Beckett, os filmes de Robert Bresson, os contos de Raymond Carver, os projetos automobilísticos de Colin Chapman e até mesmo a linha teórica adotada pela gramática gerativa desde o fim do século XX. (Wikipédia)
** Pessoas que querem e compram tudo que as fashinistas e pessoas influentes começam a usar. Querem a qualquer custo comprar a última bolsa de de determinada marca, afinal todo mundo tá usando. hahaha! 

4 comentários:

Tecnologia do Blogger.